Liberada a consulta para impostos da Receita Federal

Base de Cálculo (R$ Alíquota (%) Parcela a Deduzir do IR (R$)
Até 1.903,98
De 1.903,99 até 2.826,65 7,5 142,80
De 2.826,66 até 3.751,05 15 354,80
De 3.751,06 até 4.664,68 22,50 636,13
Acima de 4.664,68 27,50 869,36
Dedução por dependente: R$ 189,59

Para 20021, o Ministério da Fazenda tem informado que não está prevista uma correção da tabela do Imposto de Renda que servirá para a declaração de ajuste de 2018.

Pelos cálculos do IBPT, se a tabela acompanhasse a inflação dos últimos anos, o ideal seria que:

  • A primeira faixa do IRPF 2021 fosse de 3.250,29 a R$ 4.871,18, com alíquota 15%;
  • A segunda de R$ 4.781,19 a R$ 6.494,94, com taxa de 22,5%;
  • A terceira de R$ 6.494,95 a R$ 8.115,61, com 27,5%;
  • E a última com valores superiores a R$ 8.115,61.

Para que serve a Tabela Imposto de Renda?

tabela do Imposto de Renda 2021 serve para calcular o valor a ser pago por cada contribuinte brasileiro diante dos ganhos apresentados. Em um Imposto de Renda homogêneo, quanto mais se ganha, mais se paga, mas a percentagem de descontos é sempre a mesma. Se esse desconto for, por exemplo, de 30%, quem ganha R$500,00 paga R$ 150,00 e quem ganha R$ 5.000,00 paga R$1.500,00.

A Receita Federal divide a cobrança por faixas salariais, com descontos de 7,5%, 15%, 22,5% e 27,5% do salário bruto, onde essas faixas não foram alteradas. A pessoa cujo salário mensal é de até R$ 1.903,98 não será tributada, pois deverão fazer a isenção imposto de renda, obviamente não precisando fazer a declaração.

Nessa faixa 1, o reajuste aplicado pelo governo foi de 6,2%. Já quem ganha de R$ 1.903,99 até R$ 2.826,65 terá um desconto mensal de 7,5%, que será de R$ 142,80. Na faixa 2, o reajuste aplicado foi de 5,5%. O assalariado com rendimentos entre R$ 3.751,06 até R$ 4.664,68 terá um desconto de 22,5%, pagando R$ 636,13, com reajuste de 4,31%, na faixa 4. Para quem recebe mais de R$ 4.664,69 por mês, o desconto do IR é da ordem de 27,5%, tendo retidos na fonte R$ 869,36.

Propostas das campanhas dos presidenciáveis para a educação: financiamento

O FIES, Fundo de Financiamento Estudantil, é um programa desenvolvido pelo governo que tem ajudado milhares de jovens a terem acesso ao ensino superior. Pagar uma faculdade não é tarefa fácil, mas pode ficar mais difícil a partir do momento em que você não tem nenhuma ajuda, e esse programa entra justamente nessa parte.

Aos que já possuem contrato com o programa viemos falar sobre um assunto importante no post de hoje, trata-se do aditamento do FIES 2021, veja como você pode fazer e garantir o seu, e do que trata esse assunto. Para quem está começando agora no programa é algo novo, mas de importante entendimento.

Para saber mais a respeito do FIES acesse o site: www.sisfies.mec.gov.br

O que é Aditamento FIES 2021?

Quando o aluno já tem o contrato firmado com o FIES é necessário que ele faça, todos os anos, um aditamento. Isso nada mais é do que uma renovação do contrato, para que o mesmo continue vigente. É como se fosse uma atualização do mesmo.

Se você deseja continuar com o programa é necessário fazer o aditamento FIES 2021, caso contrário basta você encerrar o mesmo. O procedimento é simples, mas quem está iniciando agora no FIES não sabe muito bem como funciona, logo mais você confere como fazer.

Depois que você faz somente no próximo semestre para ocorrer de novo, é importante garantir essa atualização para que você continue financiando o curso.

Como Fazer Aditamento FIES 2021?

Para você fazer é muito simples, o mesmo vai ser realizado uma ou duas vezes por ano, depende do tipo do seu curso, se o seu é anual então você renova o contrato uma vez por ano, e se o seu curso é semestral você faz duas vezes.

Veja como funciona de forma esquematizada para que você possa garantir o aditamento do FIES:

  • Procure o CPSA da instituição de ensino que você estuda;
  • A CPSA entregará a você o novo contrato onde você apresentará ao banco;
  • Os documentos devem ser levados à agência bancária que você fez o financiamento, os mesmos serão assinados e o aditamento é feito;
  • Se os dados estiverem corretos e coerentes não há problemas, mas caso esteja é necessário corrigir para que esteja dentro dos requisitos do contrato;
  • Salário do fiador, nome sem restrições, entre outras informações são analisadas para que o contrato possa continuar vigente.

Um procedimento simples que serve apenas para atualizar o seu cadastro. Mas é muito importante fazer para que você não corra o risco de perder o financiamento, o que sabemos ser muito importante para quem estuda

Correios Oferece Oportunidades para o Primeiro Emprego

Conheça o Jovem Aprendiz 2019 dos Correios. O programa Jovem Aprendiz dos Correios beneficia milhares de jovens no país, sendo um dos programas mais procurados no Brasil. Para saber mais sobre o Jovem Aprendiz 2019 dos Correios, inscrições, vagas e muito mais, acompanhe as informações a seguir.

Este ano, o programa Jovem Aprendiz dos Correios, teve início no dia 2 de janeiro, e a procura foi tão grande que o site teve uma pane que atrapalhou os jovens de se inscreverem, sendo preciso que o Correio trabalhasse muito para normalizar a situação. O programa Jovem Aprendiz dos Correios é uma parceria com o SENAI – Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – e é aberto para os jovens brasileiros com idade entre 14 e 22 anos.

Em 2014 o Jovem Aprendiz dos Correios ofereceu 2.529 vagas, garantindo formação profissional de qualidade a todos os participantes do programa. No Brasil, todos os anos, milhares de jovens se inscrevem no programa de aprendizagem dos Correios no intuito de serem chamados e conseguirem entrar para o mercado de trabalho através de uma grande empresa. O Jovem Aprendiz não tem apenas a oportunidade de conquistar o primeiro emprego, como também contar com qualificação profissional de qualidade.

Durante 12 meses, jovens e adolescentes terão o curso teórico e também a prática do serviço de Auxiliar Administrativo nos Correios. Todos os participantes do programa contam com uma remuneração mensal de R$ 318,26 entre outros benefícios, como: vale alimentação, vale transporte, atendimento médico/odontológico, entre outros.

O SENAI é responsável pelas aulas teóricas, contando com excelentes professores para garantir o melhor aprendizado do aluno, e o Correio fica responsável pela parte prática. Primeiramente, há um curso introdutório e depois os jovens ficarão por 2 dias, todas as semanas, estudando no SENAI e os outros 3 dias da semana os jovens aprendizes ficarão trabalhando nos Correios, executando tarefas diversas como organização e transporte de documentos, reposição de materiais, serviços realizados na internet, ajudando no atendimento dos clientes, entregando senhas, organizando filas, entre várias outras funções.

O Jovem Aprendiz dos Correios oferece oportunidades em mais de 500 cidades brasileiras e a prioridade é para as famílias de baixa renda, além de priorizar os estudantes que tenham boas notas e também aqueles que participam de programas sociais, como por exemplo, o Bolsa Família.

Os jovens que ainda não concluíram o ensino médio deverão comprovar que estão matriculados e frequentando a escola assiduamente.

Em 2019 o Jovem Aprendiz dos Correios estará novamente abrindo oportunidades para os jovens de todo o país e as inscrições poderão ser feitas através do site dos Correios, no endereço: http://www2.correios.com.br/institucional/concursos/correios

Não deixe de conferir o site regularmente, pois em breve o edital estará disponível com todas as informações sobre o programa e você já poderá se inscrever.

Novidades para Ingressar na Universidade

Quem acompanha o Blog do Sisu já está por dentro das novidades, mas é sempre bom esclarecer ao máximo não é mesmo. Então é isso gente: lista de espera começa a ser chamada hoje. Fique atento ao Cronograma Sisu 2020.

Se você conseguiu uma boa nota no Enem e está na espera, pode ser sua chance. Diferente da primeira chamada, dessa vez não vai ser o MEC e sim as próprias instituições de ensino que chamarão os estudantes. Não foi informado a quantidade exata de vagas que serão oferecidas nessa fase, mas fique ligado.

E aí, ficou alguma dúvida sobre o processo? Lembramos aos leitores ESSE post épico, explicando tudo sobre o Sisu 2020 e sua relação com o Enem. E se quiser informações oficiais, é só acessar o site oficial.

E falando em Enem, nada melhor que um bom curso preparatório para ter um bom desempenho no exame. Nossa indicação é a Rede Passaporte Educacional, bom preço e uma SELEÇÃO de professores. Clique AQUI e confira.

O caso Maju

Foi no dia 3 de julho, justamente Dia Nacional de Combate à Discriminação Racial, que cerca de 4 criminosos publicaram, na página do Jornal Nacional no Facebook, comentários racistas contra a apresentadora Maria Júlia Coutinho.

Em resposta a este ataque covarde, milhares de brasileiros manifestaram a sua indignação e o repúdio aos criminosos.

Como foi a nossa ação?

Diante do caso queríamos provocar uma reflexão. Será que um comentário na internet causa menos danos que uma ofensa direta? Para quem posta, pode até ser. Mas para quem sofre, o preconceito nunca é só virtual.

Por isso criamos, em parceira com empresas de mobiliário urbano, outdoors e busdoors com mensagens reais publicadas no Facebook contra a jornalista. Omitimos nomes e rostos dos autores porque não temos intenção de expor ninguém. Queremos apenas conscientizar as pessoas para que futuramente elas reflitam sobre as consequências antes de postar comentários racistas.

O que as pessoas pensam

Fomos as ruas para ouvir a opinião das pessoas impactadas pelos outdoors.

Lançamento da campanha

O evento de lançamento da campanha aconteceu no Parque das Ruínas, no Rio de Janeiro. Estavam presentes representantes da Criola, psicólogos, advogados e veículos de comunicação que debaterem sobre o tema do racismo virtual.